Programador PHP na criação de sites

Para quem trabalha com programação fica muito claro a necessidade de uso de linguagem dinâmica na criação de sites. Mas será que isso acontece com todos que desenvolvem sites na web?

A resposta obviamente é NÃO. Existem inúmeros perfis de profissionais(ou não) “desenvolvendo“ sites. Muitos sites na web ainda resistem ao 100% conteúdo estático e muitas vezes em HTML puro.

Alguns, que não são poucos, utilizam-se de sistemas prontos para revender e ganhar dinheiro em cima do cliente menos avisado. Infelizmente o cliente só vai perceber quando precisar de alguma alteração no sistema e o tal “desenvolvedor” demorar para resolver o problema ou talvez nem consiga resolver. É aí que teremos mais um cliente frustados, dentre muitos.

Como Programador PHP freelancer já deparei com alguns supostos profissionais assim, que não conseguem resolver o problema e tenta repassar para outro profissional, ganhando porcentagem em cima. E eu me pergunto: se não consegue resolver a questão do cliente, porque ainda pegam tais serviços?
Então se não é Programador PHP, não use o título de Programador PHP. Talvez você faça design e utilize o Wordpress como meio de tornar os sites dinâmicos, então você é apenas Webdesign e não programador.

São atitudes que acabam desvalorizando os profissionais da criação de sites. Não somente pelos resultados ao cliente, que muitas vezes são negativos, mas também pelos preços abaixo do normal. Sempre que vejo uma agência de criação de sites ou programador PHP cobrando preços abaixo da normalidade, tenho a séria desconfiança que aquele não prestará um excelente serviço. Porque tal desconfiança? Pela simples conclusão que aquele profissional não tem como se diferenciar dos outros apenas com os resultados dos seus trabalhos e acabam colocando como atrativo e diferenciação os preços abaixo do normal.

A única maneira que encontram para atrair clientes é praticando o preço baixo, porém um preço que no final das contas acaba saindo muito caro. Pelo atraso nos serviços, pela qualidade dos mesmos. Alguns clientes acabam refazendo o site posteriormente por não ficarem satisfeitos com os resultados.

Existe uma grande diferença entre o preço justo e o preço baixo. Enquanto o preço justo equivale aos custos reais dos serviços de um programador PHP (ou outro profissional dessa área), o preço baixo equivale aquilo que poderá atrair o cliente e somente depois vão querer saber o que o cliente realmente deseja.

O preço baixo é um custo elevadíssimo, que somente os menos avisados pagarão.

Comentários

flavio | 17/03/2013 19:35:53
Boa noite colega! tenho interesse em criar um site como estes mesmo requistos e aplicação. site ex:www.seminovosbh.com.br
não digo que uma cópia fiél, mas baseada nas mesmas funcionalidades. Consegue fazer e ter uma ideia que quando ficaria e pagamento?

Comentar