Validação e tratamento de exceções

Sabe aquele Programador PHP que não faz validação de dados e nem sequer se preocupa com tratamento de exceções? Pois é, esse mesmo!

Quer dá um tiro nos próprios pés? Humm...deixar de validar os dados pode parecer uma grande vantagem a princípio. Pois você não perderá muito tempo com validação e terá aquele código bonitinho de poucas linhas.

Mas o que é mais importante: código bonitinho ou funcionalidades atendendo seus propósitos?

O tiro nos pés virá quando o sistema começar a apresentar inconsistências por causa das exceções não tratadas ou dados não validados.

Ainda existe Programador em PHP que não se preocupa com nada disso. Acreditando que se funcionou, então está perfeito!

Então meu caro amigo, não hesite em validar e tratar suas exceções ou então você terá futuros problemas.

Você será contatado pelo seu cliente, por causa de inconsistência aqui ou ali e isso não é ganhar tempo. Mas sim, além de perder tempo, ainda poderá perder o cliente também.

Comentários

felipe | 10/10/2014 11:32:42
Gostei do post, mas pdoeria ter dado alguns exemplos de boa prática de uso de exceções e uso do try catch em php.

Excelente blog, abs
Charles | 27/11/2012 11:38:31
Isso é uma realidade, é demorado e muitas vezes demorado ao extremo produzir codigos pra tratamento de exceções e validações de dados de entrada e de saida!! Existe um ditado que diz, "Se nao aprensemos por amor, aprendemos pela dor" e a dor acaba sendo um tormento, se um programador nao valida os dados no codigo produzido vai sofrer depois com banco de dados 'ferrado', injeção de codigo entre outras coisas, a ponto de ter que passar um pente fino em todo o sistema ate achar o bendito. Programar com Responsabilidade é um dever de todos, rs !! parabens pelo artigo

Comentar